Trajetória

Um pouco sobre LAURA CAMPANÉR

PARAMUINDO LAURA CAMPANER FOTO: MARCO AURELIO OLIMPIO

por Bel Carrilho Martins

“Para mim a música é uma paixão inspiradora e criativa, que reúne amigos e me faz viver mais intensamente”. Assim é o pensamento artístico da cantora, instrumentista e compositora Laura Campanér, dona de uma trajetória musical repleta de diferentes trabalhos, ao lado de músicos paulistas.

Sempre embasada em sua sólida formação musical que teve o violão erudito como ponto de partida, Laura Campanér transita por diversas paragens nos mais diferentes estilos musicais.

A multiplicidade de seus trabalhos acontece de maneira intensa e tem como resultado algumas gravações ecléticas. Também pesquisadora da música brasileira, com formação acadêmica em Musicologia, gravou álbuns na linha regional e do cancioneiro, além dos autorais.

Até o momento Laura Campanér conta com 8 álbuns lançados em mídia CD, sendo 3 álbuns autorais, 4 de pesquisa musical e um trabalho hibrido, onde declama poemas com trilha instrumental de sua autoria.

Vertentes

1

autoral

Seus álbuns autorais têm como destaque os diversos gêneros que domina, em composições que transitam pela MPB mostrando a brasilidade em ritmos como o baião e o xote, mescladas ao pop-rock e ao rock-balada, gênero musical que predomina em suas canções. Seu mais recente trabalho é o álbum PARAMUNDO.

2

regional

Nos álbuns que lançou em parceria com outros artistas, o destaque fica por conta do regionalismo trazido pela viola caipira, instrumento que a afirma como instrumentista, com canções regadas a música de raiz muito próxima da linguagem country americana. No formato instrumental é o seu violão de acompanhamento que dá base para temas do cancioneiro, que gravou ao lado da flauta.

3

poesia

Na vertente poética seu trabalho expressa a interação ideal entre declamação de poemas e música em clima de trilha sonora. A experiência adquirida em inúmeros trabalhos de literatura e poesia, ao lado de atores e também interpretando poemas, é o que dá suporte para uma interpretação vocal que combina carga dramática e leveza, ao trabalho que gravou nesse formato.

Grupos Musicais

  • Lua Branca

    O Duo Lua Branca nasceu em 1999, com a proposta de tocar música seresteira. Em seus primeiros anos de atuação...

  • Canta Viola

    O Canta Viola surgiu em 1999 e realizou diferentes trabalhos ao longo da carreira, apostando nas afinidades musicais que o...

  • Batuque das Sinhás

    O trabalho o quarteto vocal Batuque das Sinhás começou em 2013, alinhando seu repertório na vertente de um dos ritmos...

  • Proas Claras

    O grupo Proas Claras, estreou em 2006 e desenvolveu ao longo da carreira, diferentes trabalhos lítero-musicais que resultaram numa trilogia,...

  • Cia. Rolimã de Contos

    Embasada nas formações que integrou atuando como cantora, violonista e como contadora coadjuvante ao lado de atores, arte-educadores e contadores...

  • Chuteiras Imortais – música e futebol

    Misto de música e crônicas futebolísticas o trabalho Chuteiras Imortais surgiu em 2012, com a participação do premiado ator Fernando...